“Milagre e renascimento”, diz mulher que passou 54 dias internada com Covid-19

MILAGRE | Moradora de Jaqueira, foi diagnosticada com Covid-19 quando estava no 7º mês de gestação da quinta filha; Carla chegou a ficar entubada, no Recife, passou por traqueostomia e recebeu alta médica depois de 54 diasA Secretaria de Saúde da Prefeitura de Jaqueira, confirmou nesta terça-feira (6), que já recebeu alta a dona de casa Carla Maria Feitosa, de 34 anos. Ela voltar para casa após passar por um parto de emergência no sétimo mês de gestação, ficar 54 dias internada, 18 deles entubada, com Covid-19, no Instituto de Medicina Integral Fernando Figueira (Imip), nos Coelhos, no Recife.

A jaqueirense conta que quando procurou atendimento no Hospital Municipal sentia dores nas pernas. Chegou a voltar para a unidade de saúde mais de uma vez, pois começou a apresentar febre e muito cansaço. Como a temperatura não baixava, o médico plantonista encaminhou a paciente para fazer testagem do vírus. Mas não deu tempo de esperar o resultado do exame.

A dona de casa foi socorrida para o IMIP, o caso se agravou, no quarto dia, ela já apresentava falta de ar, tosse e febre, e chegou a passar por traqueostomia. No dia 7 de maio, Carla passou por uma cesárea às pressas, onde nasceu Kamilly Vitória, a quinta filha dela, a terceira com o marido Eduardo José, mototaxista.

A mãe conta que a filha ficou 15 dias em observação, recebeu alta e ficou sob cuidados do pai e da avó. Quando saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratar a Covid, a paciente revelou que ficou mais de dez dias em um leito de enfermaria, aguardando liberação do serviço de obstetrícia. A mamãe recebeu tratamento psicológico com a equipe de saúde, foi nesse período que começou a ter os primeiros contatos por telefone com os parentes.

Hoje, mãe e filha passam bem. A pequena não foi infectada pela doença. Nesta semana, Kamilly Vitória comemora seus dois meses de vida com toda a família.


A prefeita, Ridete Pellegrino deseja saúde e muitos anos de vida para Carla e toda sua família. “Histórias assim nos inspira ainda mais a continuar nossa luta para combater o vírus e cuidar um do outro”, concluiu a prefeita, ao reforçar que todos precisam continuar se cuidando. 

PESQUISAR