Prefeitura de Jaqueira inicia curso profissional de Corte e Costura

CURSO | Vinte mulheres estão sendo contempladas em seis meses; saiba mais abaixoA Prefeitura de Jaqueira realizou na tarde desta terça-feira (13) a aula inaugural do curso profissionalizante de Corte e Costura. A iniciativa conjunta da Diretoria Municipal da Mulher e Secretaria de Assistência Social está beneficiando 20 mulheres. As aulas acontecerão duas vezes por semana, entre as duas turmas formadas. O projeto tem duração de 6 meses. Ao final, os produtos feitos serão apresentados ao público.

Representando Ridete Pellegrino, prefeita do município, a secretária de Administração, Cassia Maria, destacou o impacto do projeto na vida das participantes. “Esse curso vai agregar no cotidiano de todas famílias, com certeza, depois que a profissionalização terminar, elas poderão ter a oportunidade de empreender na área, trabalhar em uma empresa, ou de ter uma renda extra, por exemplo,” concluiu a secretária, ao falar da atenção da prefeita com o social.A dona de casa Rosália Maria, de 21 anos, uma das contempladas, e atualmente está desempregada, disse que já enxerga no curso, uma chance de fazer os trabalhos de costura e ganhar dinheiro.

Mais de 80% das participantes não sabem costurar. “Através da teoria e prática, as alunas irão aprender a manusear diferentes máquinas, entre elas domésticas e industriais, como por exemplo, zig zag, overloque e reta”, detalha a professora Jocineide Nascimento. Durante o momento, as alunas receberam materiais de apoio que ajudarão no período das aulas.

Neide, como é conhecida detalhou os três módulos do curso profissionalizante:

I Módulo - Costura Criativa: lençóis, kit de cozinha, cortina, e outros;

II Módulo - Conserto de Roupa – substituição de zíper, barra de calça, barra de vestido e ajustes de roupas em geral;

III Módulo - Roupas Sob Medidas – as aulas irão confeccionar suas próprias roupas.

Participaram do encontro, José Gibson, secretário de Assistência Social de Jaqueira, Maria Cicera, secretária adjunta, além da coordenadora do CRAS, Allyne de Oliveira, a técnica da CPL, Aryna Lorrany e Josicleide Alves, técnica operacional. As coordenadoras da Diretoria Municipal da Mulher, Rilda Ventura e Eudalice Silva, além de Yrinéia Cristina, também estavam entre os presentes.

PESQUISAR